ABRAÇÃO DE BOAS-VINDAS.



PODE ENTRAR. FIQUE Á VONTADE.

VOCÊ NO CANTO DA POESIA,

AO ENTRAR TRAZ ALEGRIA

AO SAIR DEIXA SAUDADE.

UM POUCO DE MIM



SOU PERNAMBUCANO NASCIDO EM GARANHUNS. CRIADO NO MATO, NA FAZENDA LAGOA DE BELAMENTE, DISTANTE 12 KM DO COLÉGIO DIOCESANO ONDE ESTUDEI O 1º CICLO. ANTES DISSO ESTUDAVA EM CASA NUMA ESCOLA RURAL FUNDADA POR MEU PAI, NO TEMPO DA PALMATÓRIA.
FOI UMA LINDA INFÂNCIA, CONVIVENDO COM UM POVO SIMPLES, HONESTO E TRABALHADOR.
APRENDI GOSTAR, ADMIRAR E SEGUIR ESSA GENTE BOA, HUMILDE, SINCERA, SOFREDORA, CHEIA DE SABEDORIA, DE RESPONSABILIDADE E DE ALMA FORROZEIRA, VERSOS BREJEIROS, DE BENDITOS E REISADOS, DE ABOIOS E TOADAS, DAS CONVERSAS SEMPRE AFINADAS E AS VIOLAS TAMBÉM.
DEPOIS DE HOMEM QUASE FEITO, FUI AOS POUCOS ME AFASTANDO, COMO TODOS OS RAPAZES DE CIDADES SEM INDÚSTRIAS, QUE SAEM A PROCURA DE MELHORES RUMOS. ESTIVE NA AERONÁUTICA, EM RECIFE, DOIS ANOS. EM 60 FUI TRABALHAR NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO. MAS MEU PENSAMENTO VIVIA NO NORDESTE, NA COMPANHIA HIDRO ELÉTRICA DO SÃO FRANCISCO, CHESF. EM 64 CONSEGUI UMA VAGA E ENTREI NA
MÃE CHESF. NELA GANHEI E GOZEI A VIDA. FIZ O 2º CICLO EM RECIFE E FIZ 8 CURSOS TÉCNICOS POR CONTA DA EMPRESA. (E POR MINHA CONTA ME ESPECIALIZEI EM DANÇA-DE-RODA, RABO-DE-SAIA, NOITES VIRADAS, LUZ NEGRA, PÉ-DE-BALCÃO, CAMA REDONDA E OUTROS CURSINHOS IMPORTANTES. SÓ NÃO FIZ O DE CACHAÇA, PORQUE ESSE EU JÁ TRAZIA). EM 27 ANOS DE AGRADÁVEIS SERVIÇOS PRESTADOS NA MÃE CHESF, VASCULHEI O NORDESTE DE CABO A RABO. TENHO POR ESSA EMPRESA, UMA VERDADEIRA GRATIDÃO. PELO RIO SÃO FRANCISCO, TENHO UMA LINDA VENERAÇÃO. ELE ME PARECE UM SANTO. COSTUMO DIZER QUE ESSE RIO VALE MAIS QUE DEZ MILHÕES DE POLÍTICOS. SEMPRE TORCI FERVOROSAMENTE PELO PROJETO DE TRANSPOSIÇÃO DAS ÁGUAS DO SÃO FRANCISCO. PRINCIPALMENTE POR PENSAR QUE A FINALIDADE PRINCIPAL DO VELHO CHICO É SERVIR Á POPULAÇÃO NECESSITADA. E UM PROJETO DO TEMPO DE D. PEDRO II, NUNCA SAIU DO PAPEL POR CULPA DE POLÍTICOS SALAFRÁRIOS. MAIS DE 100 ANOS DE SOFRIMENTOS, HUMILHAÇÕES E ATRASOS DE UM POVO CHEIO DE DECÊNCIA, DE DIGNIDADE.
NO 'GOVERNO LULA' HOUVE O PONTA-PÉ INICIAL E ESPERO QUE A DILMA TRAGA MUITA FORÇA E BOA VONTADE NA EXECUÇÃO DA OBRA E QUE DEUS COM A SUA SABEDORIA E BONDADE, PROTEJA ESSE PROJETO E NÃO O DEIXE POR AÍ NO ROL DAS OBRAS INACABADAS. NA CHESF, ‘ARRUDIANDO’ O NORDESTE POR ESTES SERTÕES QUERIDOS E SOFRIDOS, EU TIVE A SORTE DE PLANTAR, REGAR E COLHER OS FRUTOS DOS BONS CONVÍVIOS COM ESSE POVO BOM E AMIGO, NASCIDO E CRIADO NO SERTÃO, ONDE FUI ENGROSSANDO AS VEIAS DA POESIA. E DE TÃO ENFEITIÇADO PELAS COISAS DO SERTÃO, DEPOIS DE APOSENTADO (1991) FORAM SURGINDO MILHARES DE VERSOS E EU FUI TENTANDO FALAR DAS BELEZAS NATURAIS DO SERTÃO E DOS SEUS GUERREIROS QUERIDOS E INJUSTIÇADOS.


LIVROS PUBLICADOS:

COISAS DO SERTÃO E ÔTAS COISA
SERTÃO DE RIBA A BAXO
PASSADO NA PENEIRA
SERTÃO DE ESPINHOS E FLORES
SERTÃO DE RISOS E DORES
SERTÃO: O BERÇO DA POESIA
MEU SERTÃO SECO DE AJUDA
GARANHUNS, TERRA DAS FLORES, DE AMOR, DE PAZ E FRIO
DIZENDO COMO TE AMO
COQUITEL DE POESIAS
VAQUEJADAS E PRESEPADAS.

QUERO REGISTRAR AQUI A MINHA GRATIDÃO A QUEM PROCURA UMA FORMA DE ME AJUDAR.

UM ABRAÇO DE AMIZADE, DE PAZ E DE POESIA.


ALDEMAR.













domingo, 30 de maio de 2010

MANIAS.

MANIAS.


EU TENHO VÁRIAS MANIAS
QUE ME DÃO PRAZER NA VIDA
BEIJAR A MULHER QUERIDA
FAZER MINHAS POESIAS.
BEBIDA TODOS OS DIAS
VER A CHUVA QUANDO CAI
OLHAR O SOL QUANDO VAI
MUDANDO DO CÉU AS CORES
TIRAR RETRATO DAS FLORES
E ME LEMBRAR DE MEU PAI.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

VAGA RESERVADA.

VAGA RESERVADA.



PISAR NA BEIRA DA COVA
CEDO OU TARDE NÃO IMPORTA
EU JÁ ESTIVE NO CÉU
MAS ME MANDARAM DE VOLTA
E SEGUNDO NOSSA SENHORA
POSSO IR A QUALQUER HORA
QUE O MEU PAI ABRE A PORTA.

INFARTO FRUSTRADO.

INFARTO FRUSTRADO.


DO HOSPITAL FUI EMBORA
VOANDO PRA O INFINITO
E VI O QUANTO É BONITO
O LUGAR QUE PAPAI MORA.
MAS VOLTEI NA MESMA HORA
PORQUE MEU PAI ME DIZIA
QUE SÃO PEDRO NESSE DIA
ME CHAMOU ANTECIPADO
QUE AGUARDE OUTRO CHAMADO
FAZENDO MAIS POESIA.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

AS LIÇÕES DE UM PAI.

AS LIÇÕES DE UM PAI.


UM VAQUEIRO PRECISA TER
GIBÃO E CHAPÉU DE COURO
CORDA DE LAÇAR O TOURO
E BOA PINGA PRA BEBER.
REZAR PRA SE DEFENDER
DAS MANDINGAS DE UM NOVILHO
AGRADECER O AUXÍLIO
DE FORÇAS CELESTIAIS
SÃO LIÇÕES ESSENCIAIS
QUE CORREM DE PAI PRA FILHO.

UM PEDAÇO DE PENA DE PAVÃO.


UM PEDAÇO DE PENA DE PAVÃO.


NO CAVALO MAIS BONITO ELE MONTAVA
TODO SÁBADO DE MANHÃ IA PRA FEIRA
E NA CERTEZA DE GANHAR UMA BESTEIRA
DE TARDEZINHA A ESPERÁ-LO EU FICAVA.
SUA BOTA EMPOEIRADA NÃO BRILHAVA
MAS BRILHAVAM SEUS OLHOS NO PORTÃO
A CARA DE BOI NA FIVELA DO CINTURÃO
UM REVÓLVER CANO LONGO NA CINTURA
E NA COPA DO CHAPEU DE MASSA PURA
UM PEDACINHO DE PENA DE PAVÃO.

NAS BRECHAS DA CUMEEIRA.

NAS BRECHAS DA CUMEEIRA.


ESCONDIDO NA BIQUEIRA
UM PASSARINHO CANTAVA
UM RAIO DO SOL ENTRAVA
NAS BRECHAS DA CUMEEIRA.
VI NO PORTÃO DA COCHEIRA
DO QUE ENTRA OU DO QUE SAI
UM CHAPÉU VELHO QUE VAI
PERDENDO O BRILHO DO COURO
EU QUASE CAIO NO CHORO
COM SAUDADES DE MEU PAI.

QUEM NÃO GOSTA DE ALDEMAR.

QUEM NÃO GOSTA DE ALDEMAR.


QUEM NÃO GOSTA DE DANÇAR
TEM POUCO PRAZER NA VIDA
QUEM NÃO GOSTA DE BEBIDA
SÓ NASCEU PRA VEGETAR.
QUEM NÃO GOSTA DE ALDEMAR
VAI MORRER ANTES DO DIA
SEM FLORES, SEM POESIA
SEM PERDÃO DO PAI ETERNO
E A FOGUEIRA DO INFERNO
SERÁ SUA MORADIA.

terça-feira, 18 de maio de 2010

TIRANIA DA SECA NO SERTÃO.

TIRANIA DA SECA NO SERTÃO.



AS SOMBRAS JÁ NÃO EXISTEM
NESSES POBRES ARVOREDOS
A GENTE CONTA NOS DEDOS
OS ANIMAIS QUE RESISTEM.
OS HERÓIS AINDA INSISTEM
COMO FÃS DA TEIMOSIA
ENFRENTANDO A TIRANIA
DE UM TORRÃO IMPRODUTIVO
TRISTE QUADRO INDICATIVO
DO QUANTO MEU PAI SOFRIA.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

A PORTA DO CÉU SE ABRIA.

A PORTA DO CÉU SE ABRIA.


HOJE ME ACORDEI SONHANDO
COM MEU PAI NO MEU JARDIM
ELE SORRIA PRA MIM
E ACENAVA ME CHAMANDO.
EU SAÍ LHE ACOMPANHANDO
RECITANDO POESIA
A LUZ DA ESTRELA-GUIA
PISCANDO ME ANUNCIAVA
JESUS ME ABENÇOAVA
E A PORTA DO CÉU SE ABRIA.

domingo, 9 de maio de 2010

MISSA NO CÉU.

MISSA NO CÉU.



SONHEI NO CÉU ASSISTINDO
COM A ALMA CONCENTRADA
UMA MISSA CELEBRADA
POR MAMÃE SEMPRE SORRINDO.
NAQUELE MOMENTO LINDO
DE SENTIMENTO PROFUNDO
MAMÃE PEDIU UM SEGUNDO
DE SILÊNCIO NO ALTAR
PRA TODO O MUMDO REZAR
POR TODAS AS MÃES DO MUNDO.

FOI SÓ UMA VISITA.

FOI SÓ UMA VISITA.



QUEM DISSE Á VOCÊ UM DIA
QUE MINHA MÃE FOI EMBORA
SE ELA FAZ COMIGO AGORA
O CANTO DA POESIA?
O SEU OLHAR IRRADIA
MEU TRABALHO E MEU LAZER
ELA SAIU SÓ PRA FAZER
UMA VISITA AO MEU PAI
MAS MORRER MAMÃE SÓ VAI
NO DIA QUE EU MORRER.

SEGURA NA MINHA MÃO.

SEGURA NA MINHA MÃO.



MINHA MÃE NÃO MORREU NÃO
ELA AJUDA EM MEUS POEMAS
ATENUA MEUS DILEMAS
AFINA MEU VIOLÃO.
SEGURA NA MINHA MÃO
DIZ QUE SOU O SEU MENINO
ILUMINA O MEU DESTINO
DO MEU CORAÇÃO NÃO SAI
E ME ESPERA JUNTO AO MEU PAI
PARA O DESCANSO DIVINO.

UMA SANTA EM MEU JARDIM.

UMA SANTA EM MEU JARDIM.



MAMÃE TÁ EM UM JAZIGO
DENTRO DO MEU CORAÇÃO
ENTOANDO UMA CANÇÃO
PARA ALEGRAR NOSSO ABRIGO.
CUIDA DO JARDIM COMIGO
DE UM JEITO QUE ME ENCANTA
QUANDO ELA MUDA UMA PLANTA
AS FLORES JÁ VÃO BROTANDO
FICO SORRINDO E PENSANDO
QUE MINHA MÃE JÁ É SANTA.

ENTRE SINOS QUE BADALAM.

ENTRE SINOS QUE BADALAM.


O MEU VERSO ANDA VAGANDO
ENTRE SINOS QUE BADALAM
ENTRE PLANTAS QUE EXALAM
O PERFUME MEIGO E BRANDO.
TÁ NO BEM-TE-VI CANTANDO
SUA CANÇÃO PREFERIDA
TÁ NA FLOR ESMAECIDA
COM SEU AROMA DISTINTO
TÁ NA SAUDADE QUE SINTO
DA MINHA MAMÃE QUERIDA.

VERSOS BRINCANDO NO CHÃO.

VERSOS BRINCANDO NO CHÃO.



QUANDO ANDO NO SERTÃO
REMOENDO O MEU PASSADO
EU VEJO PRA TODO LADO
VERSOS BRINCANDO NO CHÃO.
TEM NAS CORES DO PAVÃO
NA RAIZ DO ALECRIM
NO PERFUME DO JASMIM
NAS CHUVINHAS PASSAGEIRAS
E NO AMOR SEM FRONTEIRAS
QUE MAMÃE SENTE POR MIM.

PEDIDO NEGADO.

PEDIDO NEGADO.



MAMÃE, A DEUS JÁ PEDI
E PEÇO TODOS OS MESES
QUE EU MORRA ANTES DE TI
PRA NÃO MORRER DUAS VEZES.

MUDANÇA DE UNIVERSOS.

MUDANÇA DE UNIVERSOS.


MINHA MÃE SEMPRE CANTOU
E RECITOU POESIAS
NÃO SEI POR QUE ESSES DIAS
DEUS LHE DEU, DEPOIS TOMOU.
NO MESMO CAMINHO ESTOU
COMO UM SEGUIDOR FIEL
E NO MOMENTO CRUEL
DE MUDAR DE UNIVERSOS
IREI FAZER OS MEUS VERSOS
COM MINHA MÃE LÁ NO CÉU.

LINDA FLOR.

LINDA FLOR.


HOJE ME ACORDEI EM PAZ
COM O SOL SE LEVANTANDO
SEUS RAIOS SE DEBRUÇANDO
NA COPA DOS VEGETAIS.
A CANTIGA DOS PARDAIS
JÁ ENTRAVA EM SINTONIA
A FLOR MAIS LINDA QUE HAVIA
EU LEVEI PRA MÃE RAINHA
PRA MINHA OUTRA MÃEZINHA
EU LEVAREI QUALQUER DIA.

VOCÊ FOI.

VOCÊ FOI.



VOCÊ FOI ESPECIAL
IMPORTANTE, VALIOSA
DEDICADA E CARINHOSA
DE UM AMOR SEM IGUAL.
VOCÊ FOI FENOMENAL
DE ENCANTO E DE FEITIÇO
O SEU AMOR FOI MACIÇO
FOI TUDO NA MINHA VIDA
FOI A MINHA MÃE QUERIDA
FOI MAIS DO QUE TUDO ISSO.

MINHA MÃE.

MINHA MÃE.



MAMÃE PRA MIM NÃO MORREU
VIVE EM MINHA POESIA
MORA NO MEU CORAÇÃO
É A MINHA ESTRELA-GUIA.
AINDA GUARDO SEUS TRAÇOS
AINDA SIGO OS SEUS PASSOS
COMO EM CRIANÇA EU FAZIA.

XÉROX DE MARIA.

XÉROX DE MARIA.


ACORDEI ANTES DA HORA
FUI FOTOGRAFAR A LUA
COM TODA A BELEZA SUA
NOS PREPAROS DA AURORA.
JURO POR NOSSA SENHORA
QUE AO RAIAR DO NOVO DIA
AO LADO DA LUA EU VIA
MAMÃE ORANDO NO CÉU
E ERA A CÓPIA FIEL
DA SANTA VIRGEM MARIA.

CANTO DA POESIA.

CANTO DA POESIA.



QUANDO GARANHUNS SENTIA
SINAIS DA ESTRELA-GUIA
MINHA MÃE APARECIA
NO SANTUÁRIO DO ALÉM.
DIZENDO AO ESPÍRITO SANTO
COM A VOZ CHEIA DE ENCANTO
QUE NÃO VAI DEIXAR MEU CANTO
PELO CANTO DE NINGUÉM.

OLHANDO O CÉU.

OLHANDO O CÉU.



AS VEZES EU ME APRESSO
PARA ESCREVER UM POEMA
E VEJO SURGIR O PROBLEMA
DA TRISTE FALTA DE ACESSO.
NO ENTANTO NÃO ME ESTRESSO
QUE QUANDO ME SINTO ASSIM
COM A MENTE UM POUCO RUIM
EU FICO OLHANDO PRA CIMA
E PEGO UM MONTÃO DE RIMA
QUE MAMÃE JOGA PRA MIM.

A MULHER QUE MAIS AMEI.

A MULHER QUE MAIS AMEI.


DE MANHÃ CEDO EU USEI
MINHA ROUPA MAIS BONITA
PRA FAZER UMA VISITA
A MULHER QUE MAIS AMEI.
DE UMA ROSEIRA TIREI
A FLOR MAIS NOVA QUE HAVIA
E ERA TANTA A EUFORIA
PRA VER MINHA MÃE FELIZ
QUE OLHANDO A ROSA EU FIZ
UMA ENORME POESIA.

PELAS BRECHAS DOS PORTAIS

PELAS BRECHAS DOS PORTAIS.



ACORDEI TARDE DEMAIS
OS CANÁRIOS GORGEAVAM
OS RAIOS DO SOL ENTRAVAM
PELAS BRECHAS DOS PORTAIS.
O TEMPO DAVA SINAIS
DE INSPIRAÇÃO NA POESIA
O CÉU AZUL COLORIA
OS RUMOS DA MINHA RIMA
REZEI OLHANDO PRA CIMA
PRA VER SE MAMÃE ME VIA.

FELICIDADE?

FELICIDADE.



FELICIDADE?
É TER JESUS NO CORAÇÃO
E NA MENTE A RECORDAÇÃO
DA MINHA MAMÃE QUERIDA.
QUE AOS 97 ANOS
DEIXOU PRA MIM E MEUS MANOS
AS MAIS BELAS LIÇÕES DE VIDA.

FONTE DE AMOR.

FONTE DE AMOR.



O AMOR AS VEZES VEM
FLUIR NO PEITO DA GENTE
MAS NINGUÉM SENTE O AMOR
DO JEITO QUE MAMÃE SENTE
FLUINDO COMO ÁGUA PURA
DE UMA FONTE PERMANENTE.

FLORES PRA MINHA MÃE.

FLORES PRA MINHA MÃE.



A DOR FOI FORTE E MESQUINHA
NAQUELAS HORAS MALVADAS
QUE OUVI AS BADALADAS
DO SINO DA CAPELINHA.
NESSE DIA A MÃE RAINHA
FAZIA NO SEU JARDIM
UMA COROA DE JASMIM
DE HORTÊNCIA E MARGARIDA
PARA A MINHA MÃE QUERIDA
E DEPOIS VAI FAZER PRA MIM.

RECEITA MAIOR.

RECEITA MAIOR.

QUANDO A MINHA MÃE FOI FEITA
HAVIA TANTA ALEGRIA
QUE DEUS NAQUELA EUFORIA
JOGOU NO MATO A RECEITA.
E FOI MUITO MAIS PERFEITA
A NATUREZA NESSE DIA
COM CAPRICHO DEUS FAZIA
AS COISAS DEVAGARINHO
COM MAIS ZELO, MAIS CARINHO
MAIS AMOR, MAIS POESIA.

AMOR DE MÃE.

AMOR DE MÃE.

O AMOR DE MÃE É HOJE
O MESMO AMOR DE OUTRORA
QUE É NO PEITO DA GENTE
O AMOR QUE MAIS DEMORA
E A MINHA MÃE QUERIDA
SEMPRE FOI BEM PARECIDA
COM DEUS E NOSSA SENHORA.

terça-feira, 4 de maio de 2010

DO TROVÃO E DO CORISCO.

DO TROVÃO E DO CORISCO.
DO LIVRO:
SERTÃO DE ESPINHOS E FLORES


SERTÃO DA CERCA DE VARA
DO TROVÃO E DO CORISCO
E DO RIO SÃO FRANCISCO
QUE A TODO MUNDO AMPARA.
MEU SERTÃO NÃO SE COMPARA
COM UM PEDAÇO IMORAL
REPLETO DE MARGINAL
TRAIDOR E MERCENÁRIO
VAGABUNDO E SALAFRÁRIO
DO DISTRITO FEDERAL.

ME ARRUDA AÍ!!!!!!!!!!!!

ME ARRUDA AÍ!!!!!!!!
DO LIVRO:
SERTÃO DE ESPINHOS E FLORES.


A MORTE LÁ EM BRASÍLIA
DISCUTIA COM ALGUÉM.
DIZENDO: LADRÃO SAFADO,
SOU UMA VELHA DE BEM.
NÃO SOU IGUAL A VOCÊS.
NUNCA ME VENDO A NINGUÉM.

AJUDE.


segunda-feira, 3 de maio de 2010

MEU PAI NASCEU SERTANEJO.

MEU PAI NASCEU SERTANEJO.


MEU PAI NASCEU SERTANEJO
COMO A COBRA CASCAVEL
O CAFÉ TORRADO EM CASA
E O CANTO DO TETÉU.
LOGO CEDO FOI CHAMADO
PRA TOMAR CONTA DO GADO
NOS CRIATÓRIOS DO CÉU.



MINHA MUSA.

ROSA D´ALHA COM MANCHA DE XIXI.

MINHA MUSA.

DO LIVRO:
SERTÃO DE RIBA A BAXO.


SE EU NÃO PENSO EM VOCÊ
O MEU VERSO É UM FRACASSO
COM VOCÊ NA MINHA MENTE
SE ACABA O MEU EMBARAÇO
E FICA UM POUCO DE VOCÊ
EM CADA VERSO QUE EU FAÇO.

QUANDO OLHO PARA O CÉU
VEJO AS ESTRELAS TÃO BELAS
VEJO VOCÊ LÁ TAMBÉM
BRILHANDO MAIS DO QUE ELAS
QUANDO FAÇO POESIAS
VEJO VOCÊ DENTRO DELAS.

AS VEZES VOU AO JARDIM
RECITANDO MINHAS PROSAS
PARECE ATÉ QUE TE VEJO
MIJANDO NAS MINHAS ROSAS
E EU ACHO QUE É POR ISSO
QUE ELAS SÃO TÃO CHEIROSAS.

AJUDE.


SANTO POR UM DIA.

SANTO POR UM DIA.

DOLIVRO:
GARANHUNS, TERRA DAS FLORES,
DE AMOR, DE PAZ E FRIO.


MAMÃE AO ME DAR A LUZ
FEZ O PAPEL DE MARIA
E EU TAMBÉM NAQUELE DIA
FUI SANTO IGUAL A JESUS.